Técnico/a de Apoio à Comunidade

curso-profissional-tecnico-de-apoio-familiar-e-comunidade

Prestar cuidados de apoio direto a indivíduos no domicílio ou em contexto institucional, nomeadamente idosos, pessoas com deficiência e pessoas com outro tipo de dependência funcional temporário ou permanente, de acordo com as indicações da equipa técnica e os princípios deontológicos de atuação.

Área de Educação e Formação: 762 – Trabalho Social e Orientação

Pontos de Crédito: 189,00

Curso: EFA – Cofinanciado

Perfil Profissional

O que faz?

 

  • Planear o serviço relativo aos cuidados a prestar, selecionando, organizando e preparando os materiais, os produtos e os equipamentos a utilizar.
  • Apoiar o indivíduo na realização de atividades instrumentais quotidianas
    1. Acompanhar o indivíduo nas suas deslocações da vida diária, de lazer, religiosas e de saúde;
    2. Representar o indivíduo em situações de mediação, negociação e resolução de problemas do dia a dia, junto de instituições e serviços;
    3. Efetuar a higienização de instalações e outros espaços do domicílio;
    4. Efetuar o tratamento simples de roupas pessoais e de cama;
    5. Assegurar o armazenamento e conservação adequada do material associado à prestação de cuidados de higiene, conforto e eliminação;
    6. Assegurar o armazenamento, transporte e conservação adequada de produtos e alimentos;
    7. Efetuar aquisições de bens e serviços necessários ao dia-a-dia do indivíduo.
  • Prestar cuidados básicos de higiene, conforto e eliminação ao cliente, no seu domicílio ou em contexto institucional de acordo com as orientações da equipa técnica
    1. Lavar o indivíduo ou prestar apoio no banho e noutros cuidados de higiene e conforto;
    2. Mudar ou colaborar na mudança de roupa pessoal e substituição de fraldas;
    3. Prestar cuidados de higiene e conforto específicos (cortar-lhe as unhas, fazer-lhe a barba, arranjar o cabelo);
    4. Apoiar o indivíduo nas necessidades de eliminação, de acordo com o seu nível de autonomia;
    5. Apoiar o indivíduo na mobilidade e na adoção de posturas corretas sempre que a sua situação de dependência o exija.
  • Apoiar o indivíduo nos cuidados de alimentação e nutrição de acordo com as orientações da equipa técnica
    1. Elaborar refeições ligeiras tendo em conta as orientações da equipa técnica;
    2. Elaborar dietas especiais, tendo em conta as orientações da equipa técnica;
    3. Acompanhar e apoiar o indivíduo na hidratação toma das refeições sempre que a situação de dependência o exija.
  • Estabelecer a articulação com a equipa técnica responsável reportando a evolução do estado físico ou psíquico, situações anómalas e/ou agravamento do estado de saúde do cliente, de acordo com as orientações e procedimentos definidos pela equipa técnica
    1. Acompanhar o indivíduo na toma de medicamentos e no cumprimento de planos de cuidados, de acordo com as orientações da equipa de saúde;
    2. Atuar em situação de acidente, doença súbita ou agravamento do estado de saúde.
  • Participar no desenvolvimento de atividades de animação/ocupação de tempos livres do indivíduo
    1. Proporcionar momentos de animação, convívio e outras atividades de caráter lúdico, cultural ou de lazer destinadas a combater a solidão, monotonia e isolamento;
    2. Estimular a participação do indivíduo em atividades de lazer em contexto comunitário, visando a promoção da sua integração social.
  • Participar na prevenção de acidentes domésticos em contexto institucional ou domiciliário de acordo com as orientações da equipa técnica
    1. Identificar riscos de acidentes domésticos;
    2. Propor medidas e adaptações do espaço domiciliário para melhorar a acessibilidade e segurança.
  • Assegurar a recolha, triagem, transporte e acondicionamento de resíduos decorrentes da prestação de cuidados de higienização, conforto e eliminação ao indivíduo, garantindo o manuseamento adequado dos mesmos de acordo com procedimentos definidos
  • Participar na prevenção da negligência, abusos e maus-tratos sobre o indivíduo
    1. Identificar sinais indiciadores de negligência, abusos e maus-tratos contra pessoas idosas ou com deficiência;
    2. Reportar sinais ou situações de negligência, abusos e maus-tratos ao responsável do serviço ou da instituição.
  • Auxiliar o profissional de saúde na prestação de cuidados de higiene, conforto e eliminação a pessoas com dependência funcional, temporária ou permanente
    1. Auxiliar o profissional de saúde na mobilização, posicionamento, transferência e transporte do indivíduo;

Que competências tem?

 

Conhecimentos

  1. Noções de:
    1. Funcionamento e caráterísticas das instituições e serviços de saúde.
    2. Ergonomia e princípios essenciais.
    3. Geriatria e problemáticas da saúde dos idosos.
    4. Deficiência, igualdade e direitos.
    5. Morte e luto.
    6. Necessidades humanas básicas.
    7. Principais patologias nos idosos.
    8. Tipologia de deficiência.
    9. Negligência, abusos e maus-tratos.
    10. Anatomia e fisiologia do corpo Humano
    11. Alterações/perturbações mentais
    12. Inclusão e integração social e comunitária.
    13. Alimentação, nutrição, dietética e hidratação
  2. Conhecimentos de:
    1. Trabalho em equipa
    2. Deontologia e ética profissional.
    3. Legislação de enquadramento da atividade profissional.
    4. Funcionamento e caráterísticas das instituições e serviços de apoio familiar e à comunidade.
    5. Aspetos biológicos, psicológicos, sociais e cognitivos do envelhecimento.
    6. Problemas de saúde mais comuns no idoso.
    7. Classificação internacional de funcionalidade, incapacidade e saúde.
    8. Modelo ecológico e sistémico.
    9. Sistemas do corpo humano.
    10. Velhice.
    11. Psicologia da velhice.
    12. Sistema HACCP.
    13. Sistema integrado de emergência médica.
    14. Técnicas de vigilância e deteção de alterações do estado de saúde.
    15. Técnicas de identificação e avaliação de riscos.
    16. Técnicas de prevenção de acidentes no domicílio ou em contexto institucional.
  3. Conhecimentos aprofundados de:
    1. Técnicas de higiene e conforto e eliminação.
    2. Lavagem, desinfeção, esterilização de materiais e equipamentos
    3. Pele e sua integridade.
    4. Privacidade e intimidade nos cuidados de higiene e eliminação.
    5. Fatores ambientais e pessoais propiciadores de conforto e desconforto.
    6. Armazenamento e conservação de material de apoio clínico.
    7. Métodos e técnicas de esterilização.
    8. Métodos e técnicas de armazenamento de produtos.
    9. Técnicas de animação e lazer.
    10. Comunicação interpessoal.
    11. Circuitos de informação e mecanismos de articulação entre unidades e serviços.
    12. Técnicas e estratégias de comunicação na interação com indivíduos.
    13. Dinâmica da relação de ajuda.
    14. Materiais, técnicas e dispositivos de apoio nos cuidados de higiene, conforto e eliminação.
    15. Métodos e técnicas na prestação de cuidados na alimentação e hidratação oral.
    16. Equipamentos de proteção individual.
    17. Higienização de instalações e mobiliário no domicílio.
    18. Medidas de prevenção, proteção e tipos de atuação no âmbito da SHST.
    19. Tipologia, normas e procedimentos de tratamento de resíduos.
    20. Prevenção e controlo da infeção.
    21. Qualidade e higiene alimentar.
    22. Primeiros socorros.
    23. Tipologia de equipamentos e materiais utilizados na prestação de cuidados de higiene, conforto e eliminação.
    24. Ajudas técnicas e outros equipamentos utilizados na mobilização, transferência e transporte dos indivíduos.
    25. Ajudas técnicas para apoio à alimentação.
    26. Técnicas de identificação e avaliação de riscos de acidentes domésticos.
    27. Técnicas de prevenção dos acidentes domésticos.
    28. Técnicas de banho na cama e na casa de banho.
    29. Técnicas de fazer e desfazer camas.
    30. Técnicas de vestir e despir.
    31. Técnicas preventivas de controlo e gestão do stress profissional.
    32. Tipologia de materiais e produtos de higiene e limpeza.
    33. Tipologia de produtos de lavagem, desinfeção, esterilização.

Aptidões

  1. Preparar os materiais, equipamentos e utensílios necessários à prestação de cuidados de higiene, conforto e eliminação.
  2. Prestar apoio ao indivíduo nos cuidados de higiene pessoal e de conforto dos assistidos.
  3. Utilizar as ajudas técnicas na prestação de cuidados de higiene, conforto e eliminação.
  4. Utilizar as ajudas técnicas nos cuidados de alimentação e hidratação.
  5. Adequar os cuidados de higiene e conforto às necessidades e caráterísticas do assistido.
  6. Detetar alterações do estado físico ou psíquico do cliente
  7. Atuar em situações de urgência.
  8. Colaborar na confeção de alimentos e na preparação de refeições básicas.
  9. Adequar as refeições às caráterísticas dos indivíduos, tendo em conta o equilíbrio alimentar e as indicações da equipa técnica.
  10. Aplicar técnicas e procedimentos de distribuição de refeições.
  11. Aplicar técnicas e procedimentos de armazenagem e conservação dos produtos alimentares, medicamentos e outros produtos utilizados.
  12. Aplicar técnicas de limpeza e arrumação dos espaços e equipamentos.
  13. Aplicar técnicas de lavagem e tratamento de roupa.
  14. Acompanhar o indivíduo com restrição na autonomia, autonomia parcial ou total em atividades instrumentais diárias.
  15. Efetuar a aquisição de bens e serviços necessários ao dia-a-dia do indivíduo e da família.
  16. Planear e implementar atividades de animação.
  17. Aplicar técnicas de animação mais adequadas às necessidades e interesses dos indivíduos.
  18. Aplicar técnicas de identificação e avaliação de riscos de acidentes domésticos
  19. Identificar medidas de segurança no domicílio ou em contexto institucional para prevenir acidentes
  20. Aplicar técnicas de deteção de situações de negligência, abusos e maus-tratos
  21. Detetar sinais ou situações anómalas referentes às condições de higiene e conforto do indivíduo, bem como referentes a outras situações.
  22. Proceder ao registo e transmissão de ocorrências ao técnico responsável.
  23. Aplicar as normas de segurança, higiene e saúde relativas ao exercício da atividade.

Atitudes

  1. Adaptar-se a diferentes situações e contextos familiares e institucionais.
  2. Assumir uma atitude de melhoria contínua.
  3. Autocontrolar-se em situações críticas e de limite.
  4. Comunicar de forma clara e assertiva.
  5. Cuidar da sua apresentação pessoal.
  6. Interagir com compreensão, paciência e sensibilidade na interação com utentes, familiares e/ou cuidadores.
  7. Interagir com interesse e disponibilidade na interação com os colegas de trabalho.
  8. Motivar os outros para a adoção de cuidados de higiene e conforto adequados.
  9. Promover o bom relacionamento interpessoal.
  10. Respeitar a privacidade, a intimidade e a individualidade dos outros.
  11. Respeitar os princípios de ética e deontologia inerentes à profissão.
  12. Interagir com equilíbrio emocional e afetivo na relação com os outros.
  13. Tomar a iniciativa no sentido de encontrar soluções adequadas na resolução de situações imprevistas.
  14. Trabalhar em equipa multidisciplinar.